Freddy Fabris é um fotógrafo americano apaixonado por arte, principalmente pelo movimento renascentista. Sua ideia sempre foi homenagear esse período tão importante para a arte, mas ele não sabia de qual maneira faria isso. Um dia, enquanto passava em frente a uma oficina mecânica (isso mesmo), a ideia surgiu. Por que não recriar famosas obras de arte dentro de uma mecânica?

Em “Renaissance”, o cara faz uma releitura de grandes pinturas como A lição de Anatomia
(Rembrandt), A Última Ceia (Da Vinci) e A Criação de Adão (Michelangelo), tudo com toques conceituais, mas sem perder o bom humor.“Eu queria respeitar a estéticas das pinturas, mas precisava dar um jeito de adicionar um toque conceitual que adicionasse um novo olhar sobre as obras originais, mas sem perder a essência…”, contou em entrevista ao Huffington Post.

VEJA:   Mais de 30 anos depois, elas recriaram suas capas da Playboy

Confira!