Se depender de Geoffrey Mottart, as estátuas esquecidas nos parques em Bruxelas vão ganhar um toque de “vida”. Com seu projeto “Fleurissements”, o cara saí por aí adicionando coroas de flores e barbas em monumentos históricos, como uma forma de promover questionamentos sobre a preservação da natureza e nossa relação com a história.

Embora suas intervenções urbanas durem apenas alguns dias, já que as flores acabam morrendo, ele consegue fazer com que sua ideia continue viva e inspire muitas outras pessoas ao redor do mundo a fazerem o mesmo em suas cidades.

VEJA:   OSGEMEOS vão ganhar super exposição na Pinacoteca em 2020

Siga Geoffrey no Instagram para ficar de olho em suas novas intervenções.

Inspire-se!