No dia 22 de Março, no Vivo Rio, uma casa de shows conhecida no centro do Rio de Janeiro, rolou a Ópera Rock baseada no quarto álbum de estúdio do The Who, Tommy.

O espetáculo conta a história de um garoto, Tommy Walker, que após sofrer o trauma de ver seu pai assassinado pelo amante de sua mãe, perde todos  os sentidos e fica preso dentro de si mesmo. O menino que é cego, surdo e mudo, após sofrer vários abusos familiares e ser negligenciado pela mãe, descobre-se um grande jogador de Pimball, arrastando uma legião de seguidores por onde passa.

A adaptação, que está em cartaz há mais de 30 anos, faz sucesso por onde passa, e conta com diversos elementos impressionantes. Ao fundo, por exemplo, um telão exibe imagens da versão cinematográfica da obra, lançada em 1975 e dirigida por Ken Russell, contando com as participacões de Eric Clapton, Tina Turner e Elton John.

VEJA:   Modo Aleatório | Resumão Rock in Rio 2017

Com quase 3 horas de duração, o espetáculo é dividido em duas partes. Na primeira, temos a encenação da ópera rock, e em seguida um BIS de mais de uma hora com grandes sucessos do The Who.

A pesar de fazer mais de 50 anos do lançamento de sua versão original, esta Ópera Rock mantém-se cada vez mais atual por tratar de temas polêmicos como abuso infantil e influência de falsos mestres na sociedade.