Matt e Ross Duffer, os criadores da série Stranger Things, estão sendo acusados de plágio e deverão prestar depoimento no próximo mês. O processo foi movido por Charlie Kessler, que diz ter dado a ideia ainda em 2014.

Segundo o roteirista, tudo aconteceu durante o Festival de Cinema de Tribeca, onde ele e seus agentes teriam apresentado a ideia de transformar o curta-metragem Montauk em uma série para a tv.

Assim como a série da Netflix, Montauk também conta a história do desaparecimento de um garoto em uma cidadezinha com um governo bem misterioso. O curta chega até a mostrar um monstro bem parecido com o Demogorgon.

VEJA:   Sabotage nas telonas

O The Hollywood Reporter revelou que os advogados de Kessler estão pedindo US$333 mil de indenização, baseando-se no valor de US$ 1 milhão que os Irmãos Duffer já faturaram com Stranger Things.

Matt e Ross alegaram que a série começou a ser pensada em 2010, antes do lançamento de Montauk, devido a um “antigo fascínio em lendas urbanas e teorias da conspiração”.

O julgamento foi marcado para o dia 6 de maio.

Aa duas primeiras temporadas estão disponíveis na Netflix, e a terceira estará disponível no dia 4 de julho de 2019.

Assista ao trailer!