Após vários anos de pesquisa e muitos protótipos que derão errado, pesquisadores da Universidade Estadual do Michigan, EUA, finalmente conseguiram criar painéis solares completamente transparentes, que podem revolucionar tudo o que conhecemos sobre energia sustentável atualmente.

As novas placas, além de mais modernas, podem ter inúmeras aplicações na arquitetura e também em vários outros campos, como no desenvolvimento de automóveis muito menos agressivos para o meio ambiente.

O grupo de Michigan concentrou-se na transparência dos painéis, permitindo seu uso em janelas, por exemplo. Graças a tecnologia, que utiliza moléculas orgânicas para absorverem comprimentos de onda de luz que não são visíveis ao olho humano, é possível gerar energia sem afetar a passagem de luz.

VEJA:   Você não vai mais esquecer de regar suas plantas

Esses dispositivos poderão aproveitar ao máximo fachadas cobertas de vidro em grandes edíficios, não alteranado em nada sua aparência.

“Se as células puderem ser feitas de forma a durarem muito tempo, estes dispositivos poderão ser integrados em janelas de modo relativamente barato, já que grande parte do custo da energia fotovoltaica convencional não é da própria célula solar, mas dos materiais em que é aplicada, como o alumínio e o vidro. O revestimento de estruturas existentes com células solares eliminaria parte desse custo de material”, contou Dr. Lunt, que começará a lecionar na Universidade Estadual do Michigan, em entrevista ao New York Times.