Miguel Ángel Belinchón Bujes, que prefere ser chamado de Belin, é um incrível muralista espanhol conhecido por seus trabalhos hiper-realistas, mas que, de um tempo pra cá, vem inserindo novas técnicas inspiradas nas obras de Pablo Picasso.

Tudo começou após uma viagem ao local de nascimento do artista. Belin ficou tão inspirado que resolveu inserir o cubismo de vez em seus murais. Agora, ele cria rostos realistas de um jeito totalmente distorcido e geométrico, e vem chamando isso de Pós-Neo Cubismo.

VEJA:   Leandro Cinico: Quando o grafite se transforma em tattoo

Seu trabalho é realizado somente com spray, sem uso de estêncil ou outras técnicas, e os rostos normalmente não são figuras imaginadas pelo artista, mas sim de pessoas próximas a ele.

“Eu sempre gostei de fazer coisas com as mãos. Desde pequeno eu gostava de pintar. Mas a verdade é que eu pinto porque preciso, é minha forma de expressão”, revelou em entrevista.

Confira!