Em forma de protesto contra o atual modelo de sociedade em que vivemos, onde o homem costuma ser supervalorizado e a mulher precisa lutar pela igualdade de gêneros, a fotógrafa Maria Ribeiro promoveu um ensaio com mulheres feministas que escreveram em seus corpos, o que o feminismo representa para elas, em apenas uma palavra.

Sem photoshop ou qualquer outro recurso de manipulação de imagens, o projeto Nós, Madalenas contou com a participação de corajosas mulheres que posaram com suas celulites, marcas e estrias à mostra, sem nenhum pudor, pois não aceitam as regras e padrões de beleza que nos norteiam diariamente, tentando nos influenciar.

VEJA:   Pintura corporal e representatividade negra nas fotografias de Mikael Owunna

“O projeto tem por objetivo expressar, através da arte, o que a luta pelo direito de ser mulher representa e o que os movimentos que têm unido as mulheres para criar força e transformar esse quadro representam na vida de cada uma – e, consequentemente, na sociedade” explicou a fotógrafa responsável pelo ensaio à Revista Fórum.