Somente em 2015, mais de 140 mulheres foram atacadas com ácido na Índia. Esse número assustador pode ser ainda maior, já que muitas delas nem chegam a denunciar os ataques as autoridades. Companheiros são os principais agressores.

Pensando em contribuir para a mudança dessa triste realidade e ajudar no empoderamento das vítimas, nasceu o Sheroes Hangout (“Ponto de Encontro de Heroínas”, em português). Trata-se de um café, com vários pontos nas cidades de Agra, Lucknow e Udaipur, onde só são contratadas mulheres que foram atacadas com ácido.

Essa foi a maneira encontrada para que elas não precisem mais se esconder do mundo, o que é muito comum nesses casos em que há desconfiguração do rosto. Lá, essas verdadeiras heroínas se aceitem aceitas e acolhidas.

VEJA:   Cale o Assédio

Além disso, enquanto o estabelecimento funciona, são exibidos vídeos para conscientizar clientes a não discriminarem as pessoas por causa da aparência, e como denunciar casos semelhantes aos sofridos por essas mulheres.

Outra coisa muito interessante, é que os pratos não possuem preço específico. Você paga o quanto acha que deve. E, normalmente, segundo a própria empresa, os clientes são bem generosos. Quando o café passa por momentos de crise, eles recorrem ao financiamento coletivo para se manter.