O skate sempre foi mais um estilo de vida do que um esporte, sempre foi o esporte da contra-cultura, skatistas pelo mundo afora dominaram ruas e avenidas, ocuparam praças e até hoje ali e acolá resistem remando e flipando.

A britânica Jessica Fulford-Dobson desenvolveu um livro de grande importância no mundo da fotografia, o nome dado a ele é logo de cara um murro na cara do mundo de todas as meninas e mulheres que representam e vivem o girl power. A obra Skate Girls of Kabul gira em torno do Skateistan, que é uma ONG fundada há alguns anos pelo skatista australiano Oliver Percovich.

VEJA:   O incrível jogo de luz e sombra de Jason M. Peterson

De tantas coisas ruins que acontecem no Afeganistão, é mágico para os olhos entrar nessas fotografias e se deparar com meninas tendo um breve encontro singelo com a liberdade e com a vida de uma forma divertida: anda, cai e, por fim, levanta.