Antes de adentrar um pouco mais na história do feminismo junto de seus grandes nomes e gritos de guerra, sejam nomes famosos ou anônimos, por que não mostrar para vocês alguns filmes e documentários inspiradores?

Eu faço parte dessa nova geração caótica do qual o mundo tenta esconder no cerne, a geração que confronta, luta e grita, faz escândalo e esperneia, a geração das descontentes com tamanho descaso social.

Esse documentário, Lute como uma menina, foi gravado em 2015, na luta dos secundaristas quando Geraldo Alckmin (aka ladrãozinho de merenda) tentou levantar uma proposta para o fechamento de alguns períodos e escolas. As filmagens do documentário foram fortalecidas por muitas, e muitos, jornalistas que documentaram com garra a luta secundarista na cidade de São Paulo. Dirigido por Beatriz Alonso e Flávio Colombini, esse é mais um grande vestígio da luta feminina de forma autônoma e aguerrida.

VEJA:   Os 50 melhores álbuns para Kurt Cobain

Fight like a grlll!  ♀