Liu Bolin é conhecido como “Homem Invisível” e esse apelido representa muito bem o seu incrível talento. Ele consegue camuflar pessoas e objetos utilizando apenas tinta, transmitindo críticas à sociedade ou apenas entretendo.

Agora, o artista chinês resolveu ir além e experimentar diferentes formas de expressão para seu maravilhoso trabalho. Em Nova York, na Klein Sun Gallery, ele expõe “Art Hacker”, uma série de pinturas corporais que criam releituras de obras clássicas do mundo das artes como “Monalisa” e “Guernica”.

VEJA:   Clitóris são polêmicos!

Não esqueça de dar uma passadinha no Instagram do cara.

Confira!