A ambição move a humanidade desde os tempos imemoriais. Faz parte da natureza humana a busca por uma posição respeitável na sociedade e dinheiro suficiente para saciar todas as vontades que porventura surgirem. Vale acrescentar, porém que ela tanto pode alavancar uma carreira de sucesso como se tornar um trem sem freios rumo a um desfiladeiro. As apostas são altas e os Shelby de Peaky Blinders não sabem jogar de outra maneira. 

Ambientada na Inglaterra durante o período entre a primeira e a segunda guerra, a série britânica acompanha uma família de descendência cigana que comanda uma gangue na cidade de Birmingham. Seu líder Tommy é um ex-soldado condecorado que busca conquistar o seu espaço na sociedade daquela época, construindo seu império ao lado da tia Polly e dos irmãos Arthur, John, Ada e Finn.   

É bem curioso apontar como eles utilizam essa mística em torno de sua herança étnica para manipular as corridas de cavalos, fingindo enfeitiçar os animais à vista de alguns que se encarregam de espalhar os boatos. 

Após um incidente envolvendo um roubo de armas, passam a ser perseguidos pelo implacável inspetor Chester Campbell, que também está atrás do namorado socialista da irmã deles. Entra em cena a policial infiltrada Grace que começa a trabalhar no pub da gangue para coletar informações. 

A narrativa explora de forma bastante rica todo o contexto histórico e como os Shelby foram traumatizados pela guerra, tendo pesadelos recorrentes e um instinto violento, no caso de Arthur, que simplesmente não vai embora, sendo mitigado por álcool e lutas de boxe. As rivalidades entre as gangues e todo o jogo de alianças momentâneas entre as diferentes facções como os irlandeses, os comunistas e até os policiais deixam o espectador sempre apreensivo, o que é genial. Ninguém é confiável. Tudo pode mudar num estalo. 

O nome da série é referente ao apelido das gangues inglesas daquela época, que eram em sua maioria formada por trabalhadores desempregados e párias da pior espécie, que tinham um vestuário bem particular e cujas ações envolviam roubos e apostas em corridas de cavalos. A excelente trilha sonora com músicas contemporâneas ao lado de uma reconstituição de época impecável são um espetáculo à parte e elevam ainda mais o nível de qualidade da produção.  

Sem mais artigos