Você não precisa ser nenhum escultor para saber que representar ondas leves e fluidas através do mármore não deve ser uma tarefa nada fácil. Pois é, ao longo da história, muitos artistas tentaram encarar esse desafio, e poucos obtiveram sucesso.

Uma dessas pessoas talentosas foi Giovanni Strazza, um artista italiano do século 19, que estudou na Academia Brera e trabalhou como escultor em Roma e Milão entre 1840 e 1858.

VEJA:   Miniesculturas de insetos utilizando relógios quebrados

Por se tratar de um artista não muito conhecido, é difícil encontrar informações sobre sua vida e carreira na internet, o que é, no mínimo, frustrante, pois se suas obras são surpreendentes nos dias atuais, imagina só há centenas de anos atrás.

Confira!