Com o trabalho do artista Hsu Tung Han, de Taiwan, podemos ter certeza que o digital e o analógico podem sim andar de mão dadas. Suas esculturas de madeira parecem que estão se dissolvendo, sendo transformadas em pixels.

Suas obras super originais, criativas e “fora da curva” são fruto de muito estudo e horas de trabalho árduo. O cara enxerga cada pedaço de suas esculturas como se fossem peças de um quebra-cabeças, que só farão total sentido após serem unidas.

VEJA:   Quando um novo tipo de arte nasce da censura

Confira!