O fotógrafo e jornalista Eberson Theodoro vem realizando um projeto muito inspirador e emocionante em Joinville, mais precisamente na Rua do Príncipe, uma das ruas mais antigas da cidade, fotografando pessoas que passam diariamente por lá e que trazem consigo uma bagagem de histórias que precisam ser contadas e passadas a diante.

Apesar do nome, a Rua do Príncipe é frequentada principalmente por pessoas simples que lutam diariamente para sobreviver e que são eternizadas pelas lentes do fotógrafo, que pretende transformar o projeto em livro.

Em entrevista por e-mail, Eberson Theodoro nos contou qual foi o registro que mais o marcou: “A foto que mais me marcou foi a de um casal de ambulantes que vendia pequenos brinquedos de plástico em frente a uma agência da Caixa Econômica. Após alguns minutos de conversa, lembrei que já tinha fotografado o vendedor em Balneário Camboriu, numa ocasião em que ele vendia chapéus na praia, uns dois anos antes. Por coincidência eu tinha a fotografia no meu notebook e pude mostrar a eles. Foi uma coincidência incrível.”

O jornalista que trabalha sozinho há dois anos, dividindo o tempo entre dar aulas e fotografar paisagens, pessoas e outros projetos, diz que o principal objetivo do documentário é mostrar ao público que cada um de nós tem uma história pra contar, independente de classe social.

VEJA:   Mais de 40 fotografias de São Paulo na década de 1940

Confira abaixo alguns desses registros emocionates e conheça mais sobre projeto “Rua do Príncipe e do Povo” na página oficial no facebook: