Uma equipe de resgate ficou chocada ao encontrar um gatinho escondido com seu irmão em uma casa em Geelong, na Austrália. O recém-nascido tinha um par de orelhas extras, um na frente do outro, além do olho direito deformado.

Quando eles chegaram ao Geelong Animal Welfare Society, foi descoberto que o gato também estava com problemas nos dentes e nas pernas, e que precisaria fazer uma cirurgia para retirar o olho infeccionado.

A notícia sobre sua aparência se espalhou rapidamente, e todos os funcionários foram receber o novo hóspede. Georgia Anderson, que trabalhava no abrigo, se apaixonou pelo gatinho logo que o conheceu. Foi amor à primeira vista.

“Eu tinha ouvido dizer que um gatinho com quatro ouvidos tinha entrado e estava na clínica veterinária esperando uma cirurgia para remover um de seus olhos, então, eu fui olhar”, revelou Anderson ao The Dodo.

“Ele estava com dor, mas a primeira coisa que fez quando o peguei foi ronronar e se esfregar o rosto no meu”, relembrou. “Eu disse às garotas na clínica veterinária que eu iria abrigá-lo na minha casa após a remoção de seu olho”.

Após a cirurgia, Anderson chamou o gato de Frankie (abreviação de Frankenkitten). “Provavelmente, eu já abriguei cerca de 80 gatos no último ano e ele foi o primeiro que senti que não poderia devolvê-lo e deixado que ele fosse para outra família”, disse.

VEJA:   "Timeout": A banda de rock brasiliense formada por jovens autistas

Além do procedimento no olho, Frankie também precisou fazer uma cirurgia para diminuir os dentes caninos, que eram maiores do que o normal e rasgavam seu céu da boca. Ele ainda precisa fazer uma operação nas articulações das patinhas traseiras, mas sua dona está juntando dinheiro, já que o custo é bem alto.

Depois de oito dias de recuperação na clínica, Frankie finalmente se juntou à família de Anderson, ganhando três novos irmãos gatos, Dless, Mina e Lucius Malfoy, e um irmão cachorro chamado Dudley.